Produtos baseados em feitiçaria estão sendo oferecidos para as crianças

Perigo nas Lojas de Brinquedos:
Produtos Baseados em Feitiçaria Estão Sendo Oferecidos Para as Crianças
Em geral, os pais ficam descansados quando levam suas crianças às lojas de brinquedos, sabendo instintivamente que não há nada ali que possa prejudicá-las. Mal sabem eles que hoje muitos brinquedos infantis estão impregnados por feitiçaria.
Livro de Feitiçaria Encontrado na Cadeia de Lojas de Brinquedos
As crianças estão protegidas em uma loja de brinquedos, certo? Errado!
Em 1986, quando comecei a investigar o Movimento de Nova Era e a feitiçaria, fiquei horrorizado ao observar que os brinquedos estavam trazendo muita feitiçaria. Naquele tempo, eu era comprador de brinquedos para meninos em uma cadeia de lojas chamada "Children's Palace" (modelada com base na rede Toys-R-Us) e vi que alguns dos brinquedos mais conhecidos e procurados que eu estava comprando e vendendo às dezenas de milhares eram baseados em feitiçaria real.
Exemplos desse tipo de brinquedos baseados no ocultismo eram "Mestres do Universo", "Meu Pequeno Pônei" (unicórnios), "Smurfs" e "A Caverna do Dragão" (Dungeons and Dragons) , para citar apenas alguns. Fiquei horrorizado e pedi demissão da empresa em janeiro de 1987. Deus me sustentou durante um período econômico muito difícil, mas Ele estava trabalhando por meu intermédio para criar aquilo que veio a ser os Ministérios Cutting Edge.
Por que os Illuminati estariam tão interessados em poluir as mentes e os corações das nossas crianças? Os planejadores da Nova Ordem Mundial visaram intencionalmente nossas preciosas crianças com o objetivo declarado de modificar o sistema de valores delas. Afinal, as crianças de hoje serão os pais, professores e líderes do país amanhã. Se as mentes jovens forem capturadas por Satanás hoje, a nação pertencerá a ele amanhã.
Essa possibilidade aterrorizadora traz à mente as severas advertências de Jesus que qualquer um que fizer os pequeninos perder a fé Nele sofrerá eterna punição (Lucas 17:2). Em nossos seminários, disponíveis em fita cassete, mostramos que esse condicionamento está ocorrendo agora em muitas áreas de nossa sociedade, de modo que ninguém pode estar totalmente isolado e protegido dele. Entretanto, hoje trataremos do assunto dos brinquedos e das propagandas na televisão para ver como nossas crianças estão sendo programadas para aceitarem os valores da Nova Ordem Internacional.
Agora, 21 anos depois, as lojas de brinquedos avançaram tanto na implantação de valores e atitudes da feitiçaria nas mentes de nossas crianças que entrei em uma loja da Toys-R-Us alguns meses atrás para ver um livro real sobre feitiçaria elementar que estava no mostruário com diversos outros títulos! Fiquei horrorizado ao folhear o livro.
Antes de continuar, vamos examinar as porções centrais da capa frontal desse livro referido, Wizardology: The Book of the Secrets of Merlin. Os seguintes elementos da feitiçaria estão presentes na capa:
1) Bola de Cristal — No centro. Em todo o livro, existem referências sobre como as bolas de cristal são usadas de diversas formas.
2) Três cristais em volta do globo — Esses cristais estão colocados de tal forma que linhas retas traçadas por eles formam a figura geométrica mágica do triângulo. No mundo do ocultismo, um triângulo é visto como um objeto espiritual, pois representa a Trindade Pagã, isto é, Satanás, o Anticristo e o Falso Profeta.
3) Os quatro elementos materiais — estão representados por animais, dos quais os três últimos são "mágicos": a) águia; b) unicórnio; c) dragão; d) ave Fênix.
4) Em volta da parte exterior do globo estão numerosos símbolos ocultistas, incluindo os Signos do Zodíaco.
Agora, vamos abrir o livro para descobrir os horrores que ele contém. Lembre-se que esse livro ensina feitiçaria elementar, destinada a estimular a mente imatura dos seus filhos, para que eles se tornem interessados em feitiçaria e busquem princípios e práticas mais avançadas do mundo ocultista à medida que se tornarem mais velhos. Reportaremos sobre o material que está sendo ensinado nesse livro referido tópico por tópico.
* Espíritos familiares

O livro ensina às crianças que elas precisam ter um espírito familiar — e realmente usa esse nome! Alguns exemplos — observe que as páginas desse livro não estão numeradas.
"Para chamar meu Harpier familiar, estenda e agite seus braços, pie três vezes como uma coruja, e pense em ratos silvestres". — Abaixo dessa frase, um mago com aparência de sábio está retratado em estado de contemplação, com barba e bigodes brancos bem longos. O animal com espírito familiar dele, uma coruja, está pousado sobre seu cotovelo.
"Se você fosse o tipo comum de aprendiz, teria gasto praticamente todo o seu tempo aqui: sendo punido por sua tolice, castigado por sua preguiça, lavando os mantos, mexendo a concha no caldeirão, preparando poções, pesquisando os encantamentos, cuidando dos animais com espíritos familiares e polindo as varinhas de condão."
No capítulo VI, intitulado "A Wizard´s Loyal Familiars", aparece esta frase: "Há um grande benefício para todo mago em manter seu peixe, pássaro, ou outra criatura como um animal com espírito familiar, ou assistente. Não há um modo melhor para um mago aprender sobre os mundos naturais da terra, ar e mar."
Os feiticeiros acreditam que os espíritos familiares habitam em certas criaturas da terra, que então ajudam na operação das magias.
Cachorros — "Os cachorros são guardas fiéis e encontram os objetos perdidos por meio de seu sentido mágico do olfato."
Gatos — "Com sua excelente visão noturna e natureza independente, os gatos podem visitar muitos lugares sem serem notados."
Rãs — "Infiltradoras sagazes dos pântanos e charcos, as rãs são pequenas o suficiente para você poder carregar."
Peixe — "Um espírit
o familiar em peixe, seja do mar ou da água doce, pode ser útil para fazer descobertas aquáticas.
Corujas — "Estas aves predadoras noturnas são muito inteligentes e enxergam bem sem precisarem se aproximar."
Porco-Espinho — Nenhuma descrição é dada. Os porcos-espinhos são meramente retratados com a coruja e o gato em uma figura, abaixo da qual estão as palavras: "Meus espíritos familiares".
O principal benefício de ter um animal com espírito familiar é que ele pode facilmente ver os espíritos, como fadas, elfos, e gnomos, que se escondem dos tolos humanos. Mas antes que você considere obter um animal com espírito familiar próprio, precisa aprender a cuidar dele e a treiná-lo corretamente.
Neste ponto da página, existe a figura de um menino deitado em uma campina, olhando fixamente para uma rã que está descansando sobre o toco de uma árvore. Abaixo da figura há o título "Finding a Familiar" (Encontrando um Animal com Espírito Familiar)
"Quando você encontrar uma criatura que deseje como seu animal com espírito familiar, precisa primeiro pedir permissão, passando sua mão sobre ela e dizendo em voz bem alta"
Pela Lua que brilha à noite e pelo Sol tão brilhante,Peço uma vez, peço duas vezes, porém mais do que isto não seria bomCom um balanço do rabo, coaxando ou miando, peço que me diga agora o que fará.Você será meu animal com espírito familiar? Responda para mim!
Neste ponto, a criança é instruída a escolher um novo "nome mágico" a dar ao seu animal com espírito familiar, passar sua mão sobre ele novamente cinco vezes, dizendo em alta voz:
Agora eu lhe dou um novo nome, secreto como uma chama oculta.É um segredo e ninguém saberá — somente nós dois: você e eu.Com minha mão faço o encantamento. Seu novo nome a ninguém revelarei.O nome é: __________________!
"Aqui, fale bem alto o nome. A criatura tornou-se agora seu animal com espírito familiar. Este é um relacionamento muito importante e, de agora em diante, você precisa fazer tudo o que estiver ao seu alcance para ajudar e tratar do animal, se ele algum dia precisar de sua ajuda."

Acredito que o ato de dar a um espírito familiar um nome especial que somente a pessoa e o espírito conheçam é similar ao que Jesus prometeu aos Seus seguidores leais:
"Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer darei eu a comer do maná escondido, e dar-lhe-ei uma pedra branca, e na pedra um novo nome escrito, o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe."
[Apocalipse 2:17].
Nos livros da série Harry Potter, os espíritos familiares estão espalhados em cada um dos volumes. Nesses livros, os tipos mais comuns de animais que eram espíritos familiares são corujas, gatos e "criaturas mágicas".
A Bíblia é bem clara que quem serve a Deus não deve ter nada que ver com espíritos familiares e também não deve procurar aqueles que têm esses espíritos.
"Não vos virareis para os adivinhadores e encantadores; não os busqueis, contaminando-vos com eles. Eu sou o SENHOR vosso Deus." [Levítico 19:31].

Observe que Deus considera qualquer pessoa que tenha um espírito familiar e que procura magos que tenham espíritos familiares como "contaminados"! Como a Palavra de Deus nunca muda, sabemos que aquilo que o deixou irado 4.000 anos atrás ainda o deixa irado hoje. Deus é ainda mais claro nas seguintes Escrituras:

"Quando entrares na terra que o SENHOR teu Deus te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daquelas nações. Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR teu Deus os lança fora de diante de ti." [Deuteronômio 18:9-12].

"Quando, pois, algum homem ou mulher em si tiver um espírito de necromancia ou espírito de adivinhação, certamente morrerá; serão apedrejados; o seu sangue será sobre eles." [Levítico 20:27].

No último verso, Deus decreta a pena de morte por apedrejamento para qualquer pessoa que tenha um espírito familiar! Em outras palavras, Deus ordenou que o governo de Israel executasse as pessoas que tivessem espíritos familiares. Portanto, é muito grave quando um livro como esse incentiva as crianças a procurarem espíritos familiares e a se habituarem com eles. E, quando você percebe que esse livro foi especificamente escrito para as crianças e está sendo vendido em lojas de brinquedos, como a rede Toys-R-Us, precisa entender o quanto Deus está irado com a nossa nação.
Um autor de Nova Era escreveu que o Cristo da Nova Era somente poderá aparecer quando uma proporção substancial da população estiver pré-condicionada a aceitar seus valores e suas atitudes. Esse livro, vendido nas lojas de brinquedos, certamente tem o objetivo de pré-condicionar as crianças a aceitarem o sistema de valores do Anticristo. Seria essa a razão por que os livros de Harry Potter tiveram um sucesso de vendas tão grande?
Deus adverte enfaticamente contra os espíritos familiares nos seguintes versos:
Levítico 20:6; 1 Samuel 28:3,7-9; 2 Reis 21:6 e 23:24; 1 Crônicas 10:13; 2 Crônicas 33:6; Isaías 8:19, 19:3 e 29:4.
* Espíritos Malignos
Como o "Livro de Merlin" é um livro de Magia Branca — que ensina as crianças a usarem os poderes do ocultismo somente para o bem da humanidade — ele adverte acerca dos espíritos malignos e, no processo, revela certa verdade conhecida somente por aqueles que estudam a feitiçaria. Vamos primeiro examinar o conselho de somente usar os poderes do satanismo para o bem.
"Embora possa ser útil ter sangue misto fada/humano, como eu tenho, qualquer pessoa pode se tornar um mago. Tudo o que é necessário é um comprometimento com estas regras simples: viver como um ermitão, trabalhar arduamente e abrir mão de todos os prazeres terreais de modo a contribuir para o bem da natureza e da humanidade. Como mestres do conhecimento secreto das fadas, elfos e de uma infinidade de outros espíritos invisíveis à vista humana, o mago ocupa uma posição de poder que precisa ser usada somente para o bem."
Agora, vamos analisar os conselhos sobre os espíritos maus e sobre o quanto de perigo eles representam para os "bruxos do bem":
"Uma mago trabalha com a assistência de fadas, elfos e outros espíritos bons. Ele precisa se acautelar de fazer qualquer trato com os diabinhos ou espíritos maus. Esses seres desviados se deliciam mais com o caminho das maldades do que simplesmente em fazer o leite coalhar, assustar as galinhas ou deixar a manteiga ficar rançosa."
Observe que, ao fazer essas advertências, o autor de "O Livro de Merlin" valida a existência dos espíritos maus e do poder malevolente que eles têm.
*Instrumentos do Mago

"A Varinha — ... a varinha é um instrumento de precisão. Ela precisa ser construída com cuidado usando o tipo de madeira associado com o encantamento a ser realizado e também pode requerer a adição de uma pedra preciosa, uma pena de pássaro, ou outro elemento... Os gestos com as mãos, com a varinha ou com um bastão servem para enfocar a força mágica."

Esta última frase está totalmente correta. Um feiticeiro ou mago usa a varinha exatamente para esse propósito, isto é, para enfocar a força ocultista do modo como o ritual específico estipula
Capítulo V: A Arte dos Encantamentos
"Os encantamentos são a base para toda a ação mágica. Os encantamentos podem ser usados sozinhos, ou então para energizar itens como as varinhas, amuletos e poções. Todavia, o aprendiz sempre deve lembrar que os encantamentos são muito perigosos. As palavras precisam ser repetidas da forma exata; os símbolos mágicos precisam ser desenhados de forma absolutamente correta. Em diversas ocasiões, tive de socorrer aprendizes de memória fraca que não perceberam que se um encantamento pode dar errado, ele dará errado, pois até mesmo as fadas e os elfos do bem, que nos ajudam, detestam serem chamados para fazerem nossos encantamentos funcionar."
Este parágrafo está corretíssimo em vários pontos:
1) As palavras de um ritual têm de ser repetidas da forma exata. No artigo N1334, "A Prática de Magia Branca no Catolicismo Romano Tradicional", demonstramos que o catolicismo romano é nada menos que uma forma de feitiçaria de Magia Branca. Na missa — e existem vários tipos de missas — o sacerdote precisa repetir as palavras da forma exata.
2) Os símbolos precisam ser desenhados com perfeição. O feiticeiro ou mago pode ser morto pelo espírito demoníaco que está sendo invocado se cometer um erro e não repetir as palavras da forma exata, ou se desenhar os símbolos incorretamente.
3) Os espíritos demoníacos realmente detestam ter de realizar a tarefa dada pelo mago ou feiticeiro. Ao mesmo tempo em que são obrigados pelas regras de Satanás a servirem ao ser humano, eles têm a autorização de causar estragos e até matar o feiticeiro se este não executar o ritual da forma exata ou se os símbolos não forem desenhados corretamente.
Os feiticeiros e magos que lançam encantamentos "murmuram" e "chilreiam", de modo que sabemos que Deus está falando aqui a respeito do lançamento de encantamentos.
Deus proíbe o lançamento de encantamentos em Isaías 8:19: "Quando, pois, vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os adivinhos, que chilreiam e murmuram: Porventura não consultará o povo a seu Deus? A favor dos vivos consultar-se-á aos mortos?"
Encantamentos Comuns dos Magos
Antes de falar sobre encantamentos específicos, o mago trata da questão do círculo de proteção.
"Círculo de Vivienne — Este encantamento protege contra todos os ataques mágicos, desde que você não pise do lado de fora do círculo que desenhou ao seu redor com sal. Veja os quatro nomes Gladde, Larfor, Jaypes e Pranxtor brilhando em volta do círculo, e imagine cada um como um espírito poderoso que o protegerá."
"Gladde e Jaypes no leste e no oeste,
A proteção deles é a melhor.
Larfor, Pranxtor, no sul e no norte,
A proteção deles é forte
No círculo que tracei
Estou protegido de um e de todos."
Neste ponto, o mago pronuncia o encantamento exato que deseja lançar; por razões óbvias, não citaremos o encantamento aqui, mas ele está no livro para as crianças lerem e serem influenciadas pelos espíritos demoníacos. Entretanto, o ponto que desejo ressaltar é que esse ensino que um círculo fornece proteção para qualquer pessoa que esteja em seu interior é totalmente correto. Em muitos encantamentos, o feiticeiro traça um círculo de cerca de 2,7 metros de diâmetro no chão ou no solo e então se coloca em seu interior e desenha um hexagrama ou um pentáculo. Uma vez que o círculo seja assim preparado, o feiticeiro e os demais membros presentes do conciliábulo posicionam-se no interior do círculo para se prepararem para que o demônio apareça e realize o encantamento específico.
Doc Marquis, um ex-bruxo praticante de Magia Negra, explica que a principal razão para os membros do conciliábulo posicionarem-se dentro do círculo é para sua própria proteção pessoal. Ele explica que, embora o demônio específico seja obrigado pelas regras de Satanás a responder e atender ao feiticeiro que realizou corretamente o ritual, ele (o demônio) odeia os seres humanos porque fomos criados à imagem de Deus. Certa vez, Doc contou, o demônio que foi conjurado para esta dimensão durante um determinado encantamento para destruição se manifestou com um aspecto tão feio e repugnante que um dos membros do conciliábulo se assustou e deu um passo para trás, pisando com um de seus pés o lado de fora do círculo; imediatamente o demônio soltou um urro, contornou voando o círculo e aniquilou fisicamente aquele infeliz membro do conciliábulo.
Até mesmo Anton LaVey, admite o seguinte em seu livro, A Bíblia Satânica: "A fé e o fervor religiosos podem fazer feridas que sangram aparecerem no corpo em semelhança às feridas supostamente infligidas em Cristo, chamadas de estigmas. Essas feridas aparecem como resultado de compaixão levada a um extremo emocionalmente violento. Por que, então, deve haver qualquer dúvida a respeito dos extremos destrutivos do medo e do terror... os demônios têm o poder de destruir rasgando a carne..." [pg 116-117].
Você observou que LaVey confirma que os demônios são o poder que está por trás dos encantamentos e também diz que as feridas que sangram "espontaneamente", que no catolicismo romano são chamadas de "estigmas", também são causadas por demônios? Os demônios são o poder que está por trás de qualquer encantamento e, na verdadeira feitiçaria, eles precisam ser conjurados para esta dimensão para que o encantamento funcione. As estátuas no catolicismo romano sangram, um sinal que os fiéis tomam como sendo de Deus ou de Jesus; a realidade é que os estigmas são uma atividade de origem demoníaca. As estátuas budistas também sangram, exatamente como suas correspondentes no catolicismo romano!
Adivinhação e Cristalomancia, Incluindo Cartas de Tarô
"A Bola de Cristal — Uma bola de cristal, espelho mágico ou outro dispositivo similar de adivinhação será inestimável para determinar o que o futuro reserva e também podem ser úteis para a comunicação a longa distância com outros magos."
Ler bolas de cristal é uma forma antiga de adivinhação [prever o futuro contatando espíritos demoníacos]. Até mesmo o Dicionário Ilustrado Tormont Webster traz esta definição correta: "Adivinhação — A arte ou ato de prever os eventos ou de revelar conhecimento oculto por meio de augúrios ou... ação sobrenatural."
Nesta área de leitura da bola de cristal, agora sei por que Deus me levou poderosamente a comprar um livro sobre esse assunto quando eu estava percorrendo o catálogo da livraria on-line especializada em Maçonaria e Ocultismo da editora Kessinger, alguns meses atrás. Embora eu não estivesse procurando informações sobre leitura da bola de cristal naquela ocasião, um desejo ardente de adquirir aquele livro tomou conta de mim e não consegui sossegar até que efetuei a compra do livro. Agora, sei que Deus me moveu de forma tão poderosa por que sabia que eu precisaria das informações para escrever este artigo.
Esse livro é muito antigo e foi no passado um dos títulos secretos publicados pelas editoras maçônicas. O título dele é Crystal Gazing: A Study In The History, Distributuion, Theory and Practice of Scrying, de Theodore Besterman, reimpresso pela Kessinger's Freemason and Occult Bookstore. A data de publicação não é informada, mas o fato de a palavra arcaica 'scrying' ser usada para descrever a leitura da bola de cristal, entre outras formas de adivinhação, indica que o livro foi escrito mais de cem anos atrás.
Veja como o autor fala da leitura da bola de cristal: "A palavra cristalomancia é usada para indicar uma grande classe de métodos de adivinhação... Sir Walter Scott diz que os antigos astrólogos afirmavam que podiam colocar ao seu serviço, e aprisionar em um anel, em um espelho, ou em uma pedra, uma fada, um silfo, ou um salamandra e fazê-los aparecer quando invocados, para responder às perguntas feitas pelo consulente." [pg 1].
Esta descrição de seres demoníacos sobrenaturais é bem esclarecedora quando você examina no dicionário os significados desses seres que o escritor escocês Sir Walter Scott disse que eram conjurados para esta dimensão física por meio da leitura da bola de cristal.
Fadas — Definidas como "pequenos seres sobrenaturais com a forma humana"
Silfos — Definido como "uma classe de seres similares às fadas, que não têm alma... e que habitam o ar
Salamandra — Definida como "um espírito elemental que supostamente vive no fogo"
Assim, um feiticeiro ou um astrólogo podia conjurar para esta dimensão qualquer um desses espíritos sobrenaturais por meio da leitura da bola de cristal. Vamos continuar examinando esse livro ocultista para procurar as evidências que os espíritos são contactados durante a leitura da bola de cristal. Algumas vezes, uma pedra preta ou um espelho substitui a bola de cristal, mas a prática é idêntica:
A cristalomancia é um método de adivinhação pelo cristal que dá sua resposta independente se o cristal fabricado tem a forma piramidal, cilíndrica, ou de qualquer outra. Ou então ela é feita por meio de pedaços ou tipos de cristais dentro de anéis, ou então em algum vaso ou forma cilíndrica ou oval, em que o diabo faz parecer como se estivesse dentro." [pg 3].
Você entendeu esta última frase? O "diabo" torna sua presença conhecida durante a leitura da bola de cristal!

"A lecanomancia é um tipo de adivinhação realizada em uma bacia com as bordas douradas ou prateadas.. As bordas são suspensas na água e o gênio formalmente invocado, dava a resposta em uma voz com silvos, por meio do fluído." [pg 6; todas as formas de adivinhação requerem a conjuração de espíritos.].
"Quanto às Anachitis, diz-se que os espíritos podem ser conjurados por essas pedras na hidromancia... os espíritos que aparecem podem ser mantidos acima da superfície." [pg 6].
"O celebrado espéculo negro, muito bem polido, em um invólucro de couro... usado pelo Dr. Dee, o conjurador, no reinado da rainha Elizabeth I... que o Dr. Dee usava para conjurar seus espíritos." [pg 2].
"Um menino casto e puro, ou uma mulher em estágio avançado de gravidez, eram colocados para observar com a máxima atenção... ao mesmo tempo desejando, pedindo, rogando e também ordenando uma resposta, que depois de certo tempo o demônio dava por meio de imagens nos vidros... que deveriam acontecer." [pg 41].
A Leitura da Bola de Cristal Era Praticada Pelos Druidas Satanistas
Esse livro diz que os druidas usavam a leitura da bola de cristal como uma de suas formas de adivinhação! "Um autor que escreveu sobre o assunto tinha uma peça redonda de cristal de rocha com cerca de 7,5 cm de diâmetro e 3 cm de espessura no centro. Nela, havia um antiga e parcialmente ilegível legenda, que dizia "Pletnz mágica druídica, espelho da cela do adivinho, pertence ao arquidruida..." [pg 44].
Os druidas foram um dos mais malignos, insidiosos e satânicos grupos na história mundial. Eles eram totalmente entregues às artes profundas da Magia Negra e praticavam o sacrifício humano regularmente. Por essa razão, os Illuminati adotaram o estilo de feitiçaria dos druidas. Portanto, a feitiçaria do Anticristo será idêntica à dos druidas. Tenho a impressão que Satanás quer que as crianças de todo o mundo adotem esse tipo de feitiçaria de Magia Negra antes do aparecimento do Anticristo. Os livros de Harry Potter estão atraindo as crianças para esse tipo de feitiçaria.
Agora, vamos retornar a esse autor ocultista que nos assegura que os espíritos demoníacos residem na adivinhação.
"Aqueles que fazem leitura do cristal, ficamos sabendo, vêem e ouvem os demônios ao olharem pelo espéculo; isto é feito por meio de um cristal limpo e cristalino em que o diabo está escondido... ou pode ser feito com cristal polido e cortado no qual o diabo se esconde e brinca, aparecendo algumas vezes como uma pequena figura." [pg 50].
Em seguida, esse autor ocultista lista algumas das outras práticas para as quais a adivinhação leva a pessoa.
Astrologia (pg 48) — Deus absolutamente proíbe a astrologia em Deuteronômio 18:10 : "Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro" Em seguida, no verso 12, Deus declara que essas práticas são uma abominação diante Dele. Um astrólogo é um observador dos tempos, mas a astrologia também adivinha o futuro.
Escrita automática (psicografia) [pg 126] — Esta prática é insidiosa e excessivamente demoníaca. A escrita automática ocorre quando um demônio toma o controle total do corpo e da mente de um médium e escreve uma mensagem por meio dele. Durante esse tempo, o médium não tem idéia do que está sendo escrito, embora a escrita normalmente seja feita por sua mão, ou de seus dedos teclando em uma máquina de escrever em alta velocidade. O médium somente lê o que foi escrito após o demônio liberar o controle sobre sua mente e seu corpo, retornando o médium ao estado normal. A maioria dos escritos de Nova Era e da Nova Ordem Mundial que expõem várias partes do plano, são produzidas por meio da escrita automática. Agora, sabemos que a adivinhação por meio da bola de cristal pode levar à escrita automática!
Batidas Ritmadas [pg 129] — Quando um médium conjura espíritos demoníacos, ele freqüentemente ouve algum tipo de fenômeno rítmico dos demônios. Como diz o autor desse livro ocultista: "O próximo caso que darei é bem curioso e envolve (1) voz com batidas ritmadas, (2) uma visão no cristal, (3) uma aparição vista por duas pessoas..." Novamente, vemos que a leitura da bola de cristal é perigosa e abre a porta para o mundo demoníaco.
Assombrações Demoníacas [pg 130-1] — A prática da leitura da bola de cristal pode levar às assombrações demoníacas, ser capaz de ver os espíritos que assombram um determinado local. Quando uma pessoa se entrega à prática da cristalomancia, está se abrindo para o potencial de assombração demoníaca de sua casa ou habitação! Você gostaria que sua casa se tornasse mal-assombrada simplesmente por que seus filhos estão lendo os livros de Harry Potter?
Múltiplas Personalidades [pg 131] — De todas as atividades associadas com a leitura da bola de cristal, a idéia que ela pode causar múltiplas personalidades é uma das mais aterrorizadoras. Entretanto, você precisa estar ciente que os satanistas passam por muitos rituais que têm o propósito específico de criar múltiplas personalidades em suas mentes. Nós, pessoas normais, consideramos as múltiplas personalidades uma doença mental devastadora, o que de fato elas são; entretanto, os satanistas vêem as múltiplas personalidades como uma condição mental desejável para si mesmos e para seus filhos. Agora, descobrimos que a leitura da bola de cristal pode levar a esse tipo de distúrbio mental!
Telepatia [pg 141] — Os feiticeiros buscam energicamente a capacidade ocultista da telepatia, que é a comunicação por outros meios que não a linguagem normal. Agora, descobrimos por meio desse autor ocultista que a capacidade satânica da telepatia é possível para as pessoas que estão envolvidas com a leitura da bola de cristal!
Contactar Espíritos-Guia [pg 156-160] — O uso freqüente da leitura da bola de cristal pode resultar em contato com espíritos-guia. Normalmente, esses espíritos vêm para a mente e para o corpo de uma pessoa por meio da meditação ocultista, e assumem o papel de um espírito familiar. O espírito-guia passa a dar conselhos para a vida cotidiana, para todos os tipos de situações e quase sempre adquire um controle tão grande sobre o padrão mental e sobre o comportamento da pessoa que esta literalmente não consegue funcionar sem ele. A Bíblia chama isto de espírito de possessão; em outras palavras, a pessoa que tem um espírito-guia é uma pessoa possessa por um demônio! A possessão demoníaca pode ser resultado do envolvimento com a leitura da bola de cristal!
Vamos concluir este segmento sobre a conjuração de espíritos durante a leitura da bola de cristal citando um poema de uma obra ocultista intitulada The Curse of Kehama:
"At this the Witch, through shrivell'd lips and thin,Sent forth a sound half-whistle and half-hiss.Two winged Hands came in,Armless and bodyless,Bearing a globe of liquid crystal, setIn frame as diamond bright, yet black as jet.A thousand eyes were quench'd in endless night,To form that magic globe; for LorriniteHad, from their sockets, drawn the liquid sight,And kneaded it, with re-creating skill,Into this organ of her mighty will,'Look in yonder orb', she cried,'Tell me what is there descried'." [pg 36]
Este poema ilustra que a intervenção demoníaca é absolutamente essencial para fazer a adivinhação funcionar. Neste caso citado no poema, mãos vinham para dentro do cristal "sem braços e sem corpos" para dar uma resposta por meio da bola de cristal.
Esta mesma intervenção demoníaca é que faz o tabuleiro de Ouija funcionar, e de fato funciona. Já ouvi e li relatos de muitos ex-ocultistas descreverem como ingressaram no mundo de Satanás e na maioria dos casos eles testificam que iniciaram sua descida por meio do envolvimento com o tabuleiro de Ouija. Embora esse "jogo" seja vendido em muitas lojas de brinquedos, ele não é um jogo, mas feitiçaria real. Não se deixe enganar.
Qualquer tentativa de prever o futuro é chamada de "adivinhação" e Deus tem enfáticas advertências contra essas práticas:
"Quando entrares na terra que o SENHOR teu Deus te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daquelas nações. Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR teu Deus os lança fora de diante de ti. Perfeito serás, como o SENHOR teu Deus. Porque estas nações, que hás de possuir, ouvem os prognosticadores e os adivinhadores; porém a ti o SENHOR teu Deus não permitiu tal coisa." [Deuteronômio 18:9-14].
Observe que Deus revela que uma das razões por que iria destruir as nações que habitavam a Terra Prometida antes da chegada de Israel era o fato de praticarem adivinhação e outras formas de feitiçaria, usando bruxos e magos como médiuns espíritas. Todavia, em nosso país hoje, esse mesmo tipo de feitiçaria está sendo ensinado para nossas crianças como algo normal e divertido! O julgamento de Deus sobre nossa nação é certo; somente o tempo é que permanece desconhecido.
A Transformação da Forma Física É Ensinada!
"O Aniformum — Pelo qual o mago assume a forma de um pássaro, serpente ou besta — faz você adotar o disfarce de qualquer animal que desejar. Tome o cuidado de realizá-lo da forma correta: seria realmente ridículo se você saísse pelas ruas parecendo normal, porém cacarejando como um galo... Beba a mistura, feche seus olhos, deseje que o encantamento funcione e diga..." (Novamente, preferimos não reimprimir aqui o encantamento.)
Mudar Para a Forma de um Animal e Voltar Para a Forma Humana — Esse tipo de transformação é possível, porém extremamente raro. O poder que está por trás do fenômeno é totalmente satânico e somente é possível nos níveis mais altos da feitiçaria. No início de nossa discussão sobre os livros de Harry Potter, dissemos que para Harry ter obtido a Pedra Filosofal, ele teve de atingir o nível mais alto possível da feitiçaria. Portanto, lendo esses livros, seus filhos estão aprendendo o nível mais alto e sofisticado de feitiçaria que existe!
O modo como um feiticeiro torna-se mais poderoso e avança pelos vários graus é convidando múltiplos espíritos para virem e possuí-lo. Quanto mais poderosos forem os espíritos demoníacos dentro do feiticeiro e quanto mais variados forem os tipos e capacidades deles, o mais versátil e poderoso será aquele feiticeiro. Na verdade, um feiticeiro poderoso o suficiente para transformar-se (ou fazer alguém se transformar) em um animal, é um feiticeiro que está possesso por muitos demônios, como aquele infeliz indivíduo mencionado no Novo Testamento, que era possesso por uma legião.
E, quando viu a Jesus, prostrou-se diante dele, exclamando, e dizendo com grande voz: Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Peço-te que não me atormentes. Porque tinha ordenado ao espírito imundo que saísse daquele homem; pois já havia muito tempo que o arrebatava. E guardavam-no preso, com grilhões e cadeias; mas, quebrando as prisões, era impelido pelo demônio para os desertos. E perguntou-lhe Jesus, dizendo: Qual é o teu nome? E ele disse: Legião; porque tinham entrado nele muitos demônios." [Lucas 8:28-30].
Este é o único tipo de possessão demoníaca que torna possível para uma pessoa transformar a si mesma ou transformar alguém em um animal e voltar à forma normal. A pessoa precisa estar possessa por muitos, muitos e múltiplos demônios.
A Ave Fênix — Um Símbolo do Anticristo
"Fênix — Nenhuma ave é tão rara ou difícil de encontrar quanto a fênix árabe. Ela se alimenta de incenso e suas penas são usadas em muitos tipos de encantamentos... As cinzas de uma fênix que morreu de causas naturais podem ser esfregadas em uma ferida... para produzir uma regeneração milagrosa."
Agora, vamos aprender a verdade real sobre a ave fênix:
A ave fênix se originou na mitologia dos antigos egípcios. Veja a explicação do autor maçom Manly P. Hall, Grau 33, em seu livro The Phoenix: An Illustrated Review of Occultism and Philosophy. [Antes de iniciarmos, acho muito interessante que Hall admita, pelo título escolhido para o livro, que a Maçonaria é ocultista.].
"Entre os antigos, uma ave fabulosa chamada fênix foi descrita por escritores antigos como Clemente, Heródoto e Plínio; em tamanho e forma ela lembra uma águia, mas com certas diferenças. O corpo da fênix é coberto por penas roxas macias e brilhantes e as plumas na cauda são azuis e vermelhas, alternadamente. A cabeça é de cor clara, e em torno do pescoço há um colar de plumagem dourada. Na parte de trás, nas costas, a fênix tem um chumaço de penas de cor brilhante. Supostamente, apenas uma ave como essa vive de cada vez, tendo sua habitação nas regiões afastadas da Arábia, em um ninho de incenso e mirra. Dizem que vive por 500 anos e, na sua morte, seu corpo se abre e uma nova fênix recém-nascida aparece. Devido a esse simbolismo, é geralmente considerada um símbolo da imortalidade e da ressurreição." [pg 176-77].
Vamos parar aqui para examinar a falsificação de Satanás para a experiência do "novo nascimento". Os maçons, como todos os ocultistas, referenciam seus membros que completaram a iniciação como "renascidos". Eu nunca me esqueço que em 1988, quando George Bush (pai) estava na campanha eleitoral, ele foi entrevistado por Barbara Walters, que lhe fez uma pergunta que evidentemente o pegou desprevenido. Ela perguntou se ele era um cristão. Bush, visivelmente hesitante, abaixou seus olhos por um momento e depois respondeu: "Se por cristão você está perguntando se sou 'renascido', então sim, sou um cristão." Saltei da minha cadeira quando ouvi essa resposta, porque nenhum cristão nascido de novo teria medido suas palavras com tanto cuidado. Entretanto, um ocultista, que Bush certamente era devido ao fato de ser membro vitalício da sociedade secreta iluminista Caveira e Ossos, teria respondido exatamente dessa forma. Os ocultistas afirmam ser renascidos e ficam cheios de êxtase religioso quando o espírito de Lúcifer passa por eles durante a iniciação.
Agora, vamos retornar à nossa discussão acerca da ave Fênix. Veja a explicação dada por uma feminista radical, Barbara Walker, em seu livro Now is The Dawning, pg 281. Ela diz que os egípcios e fenícios acreditavam que a Fênix era a representação de um deus que "subia aos céus na forma de uma estrela da manhã, como Lúcifer, após sua morte por imolação no fogo e ressurreição..."
Uau! Em uma única e simples frase, temos a prova conclusiva que a Fênix é um símbolo de Lúcifer!
Veja agora o testemunho de outro ex-bruxo, William Schnoebelen, em seu livro, Satan's Door Revisited, pg 4: "A Fênix, de Bunnu, acreditava-se, era uma ave divina desde os tempos do Egito... A Fênix destrói-se nas chamas e depois ressuscita das cinzas. A maioria dos ocultistas acredita que a Fênix é um símbolo de Lúcifer, que foi lançado nas chamas e que... um dia se levantará triunfante. Essa crença também está relacionada com a ressurreição de Hirão-Abi, o 'cristo' maçônico."
Para evitar que a maioria das pessoas associe a águia maçônica com a antiga Fênix, os maçons mudaram a fênix para uma águia e começaram a referenciá-la como uma águia. Entretanto, dois autores abriram a tampa e deixaram escapar essa mudança no simbolismo.
Manly P. Hall, em seu livro The Lost Keys of Freemasonry, diz: "Estes eram os imortais aos quais o termo 'fênix' era aplicado e o símbolo deles era a misteriosa ave de duas cabeças, agora chamada de águia, um emblema maçônico familiar e pouco compreendido." [pg 8].
Albert Pike, em Magnum Opus, escreveu: "... a águia era o símbolo vivo do deus egípcio Mendes... e representativa do sol..." [pg xviii].
Em uma frase, vemos a admissão que a Fênix do antigo Egito foi transformada na águia maçônica e então Pike admite que a águia é o símbolo do deus-sol e do deus de Mendes, ambos símbolos satanistas comuns para Satanás/Lúcifer.
Nos estágios finais de seu plano para criar a Nova Ordem Mundial, os maçons iluministas retratam a Fênix como o símbolo final do vindouro Cristo maçônico, o Anticristo. Portanto, esse livro infantil está pré-condicionando as crianças a aceitarem a fênix sem reservas!
Alquimia
O autor do livro adverte os jovens magos e feiticeiros a não se envolverem na onda dos aspectos fascinantes da alquimia. Ele lista corretamente os seguintes fatos sobre essa prática ocultista:
"A alquimia envolve o estudo dos materiais naturais para tentar descobrir duas coisas principais — o Elixir da Vida, um tônico que concede perfeita saúde e evita o envelhecimento do organismo, e a Pedra Filosofal, um material que, ao ser misturado com um metal como o chumbo, supostamente dissolve as impurezas e produz ouro."
A verdade para quem está por dentro é bem diferente
Vamos examinar o que é a alquimia e por que é importante para o satanista praticante. O Dicionário de Nova Era define alquimia como "uma busca pelo segredo da vida pela transmutação de metais básicos em ouro no Ocidente; descobrir o Elixir da Vida no Oriente."
No livro intitulado The Secret Doctrine of the Rosacrucians [A Doutrina Secreta dos Rosa-Cruzes], escrito em 1949 sob um pseudônimo, o autor revela que o propósito principal da Alquimia não é tornar-se rico descobrindo como converter chumbo em ouro; ao contrário, o propósito principal é mental e espiritual. Ele usa o termo "Alquimia Mental" e "Alquimia Espiritual" [pg 20].
Esse autor também diz que as referências alquímicas ao enxofre, ao mercúrio e a outros elementos químicos levam a pessoa a buscar a Pedra Filosofal, que também é conhecida como Pedra do Feiticeiro. Essa última revelação é extremamente importante, pois o primeiro livro de J. K. Rowling chama-se Harry Potter e a Pedra Filosofal. Nesse livro, uma busca é iniciada para descobrir a Pedra Filosofal, a partir da qual vem o "Elixir da Vida". No capítulo 13 de Harry Potter e a Pedra Filosofal, ficamos sabendo que o professor Dumbledore — o diretor da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts — teve um longo relacionamento com outro feiticeiro — Nicolau Flamel, que aperfeiçoou o Elixir da Vida por meio do processo da Alquimia. Assim, Flamel obteve a Pedra Filosofal, e é mostrado como sendo o possuidor original dela. Em seguida, nos próximos parágrafos, ficamos sabendo que essa Pedra Filosofal de Flamel produzia o Elixir da Vida, "que torna quem o bebe imortal". [pg 189-90].
Finalmente, ficamos sabendo que Flamel tinha 666 anos de idade quando obteve a Pedra Filosofal e bebeu pela primeira vez do Elixir da Vida! [Ibidem] Assim, a autora dos livros da série Harry Potter, vincula corretamente o número do Anticristo com a Alquimia e sua busca pela vida eterna por meio do ocultismo, uma indicação muito forte que ela é praticante das artes luciferianas.
Na realidade, a alquimia não é a transformação de metais básicos em ouro, mas é o caminho que o ocultista segue para obter a vida eterna por meio da magia! Além disso, a Pedra Filosofal é na verdade o objetivo final do alquimista, que é colocar em cena o vindouro Cristo ocultista.
Em resumo, esse livro é muito perigoso por que é voltado para as crianças e tem o objetivo de remover qualquer objeção à prática do ocultismo fazendo-o parecer inocente e divertido. Além disso, o fato de poder ser comprado nas lojas de brinquedos faz esse livro e seu conteúdo infernal parecerem totalmente inocentes. Este é o problema. Satanás compreende o princípio que aquilo que uma geração tolera, a próxima adota como norma.
Há trinta anos que todo o mundo ocidental está caminhando em direção à prática séria da feitiçaria, desde que a música Rock se transformou em Heavy Metal. Agora, estamos vendo um dos resultados finais, ou seja, um livro sobre feitiçaria real voltado especificamente para as crianças.
Verdadeiramente, estamos caminhando para o fim dos tempos, quando o maior praticante de feitiçaria que o mundo já viu aparecerá no cenário internacional — o Anticristo. Livros como esse estão preparando o caminho para ele.
_____________________________________________________________________
Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org/
Que Deus o abençoe.
Data de publicação: 24/4/2008
Texto extraído do site A Espada do Espírito http://www.espada.eti.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sorvete Missionário - Apec

Na rocha firme